quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Festival Internacional de Gastronomia de Montreal dá a conhecer - Cozinha e Vinhos Portugueses durante 10 dias [18 a 28 Fev]



[ Portugal é o país convidado de um festival internacional de gastronomia que vai decorrer este mês na cidade canadiana de Montreal. Entre 18 e 28 de Fevereiro, as iguarias Portuguesas vão dar-se a conhecer pelas mãos de 21 chefs e 18 produtores de vinho. Numa cidade onde residem uma importante comunidade Portuguesa, que ronda as 70 mil pessoas, a cozinha nacional vai estar em destaque e ainda contrariar a ideia de que em Portugal apenas se come bacalhau e sardinhas assadas. Durante dez dias, 50 restaurantes locais recebem chefs Portugueses ou a trabalhar no país, que vão mostrar a sua interpretação da gastronomia Portuguesa. Ao mesmo tempo, cozinheiros canadianos serão desafiados a preparar pratos inspirados nos sabores Portugueses, aventurando-se em propostas como “almoços portugueses”, “tradição e inovação portuguesas” ou “tapas portuguesas selvagens e loucas”, revela a Agência Lusa. O resultado dessa experiência gastronómica poderá ser ainda mais surpreendente tendo em conta a presença de vinhos portugueses à mesa - com uma selecção de marcas do Alentejo, Estremadura, Douro e Beiras. A cultura também é um prato forte da 11ª edição do Festival de Luz de Montreal, que conta com espectáculos das cantoras portugueses Mísia, Ana Moura e Maria de Medeiros. A comitiva portuguesa é composta por: Albano Lourenço (Arcadas da Capela, uma estrela Michelin), António Nobre (Degust’AR), Henrique Sá Pessoa (Alma), Isabelle Alexandre (Adlib), Joachim Koerper (Eleven, uma estrela Michelin), José Avillez (Tavares, uma estrela Michelin), José Júlio Vintém (Tomba Lobos), Leonel Pereira (Panorama), Ljubomir Stanisic (100 Maneiras), Luís Américo (Mesa), Luís Baena (Manifesto), Marco Gomes (Foz Velha), Nuno Diniz (A Confraria), Paulo Pinto (Belvedere), Pedro Nunes (São Gião), Rita Chagas (Ribamar), Rui Paula (D.O.C), Sergi Arola (Arola), Vítor Claro (Malhadinha) e Vítor Sobral (Tasca da Esquina). ]
SITE MONTREAL HIGH LIGHTS Festival :
FONTES & VER+EM:

1 comentário:

Olga Teixeira disse...

portugal tem uma beleza impar que deve ser preservada. o mais interecante é a republica querer tanto as "obras da Monarquia2 e criticar tanto a mesma Instituição...

abraço amigo,
Olga